espaço de mau feitio, alguma reflexão, música e outras panóplias coloridas

31
Out 09

Fez ontem 6 anos que acabei a licenciatura em Psicologia. Saiu a minha última nota, e senti-me com um enorme "E agora?" no estômago...

Fez anos que dei um concerto, o único até hoje e que deu direito a um CD, conjunto com todos os que participaram... 

Fez anos a minha metade.

Foi um dia bom...

 

publicado por Vita C às 14:35
Etiquetas:

28
Out 09

Ainda na ressaca dos horários trocados, e dos sustos que vou pregando a transeuntes estúpidos que pensam que é só pôr a patinha na passadeira quando os carros lá estão e toca a andar, só me apetece usar uma frase bem longa para dizer que me baldei hoje ao curso, que hoje nem era dia de lá ir ... e está a saber muitíssimo bem!

publicado por Vita C às 21:15

26
Out 09

 

Foi o que sempre achei dos horários de Inverno (e de Verão). Esta coisa de se mudar a hora quando o corpo está habituado é uma estupidez que não lembra ao diabo. Dizem-me que é muito bom dormir mais uma horinha, esquecendo que daqui a uns meses vamos ter o reverso. Ah, e que as crianças que vão para a escola não podem ir de noite e tal... tipo, ponham as aulas a começar mais tarde? E para quê, senhores, para quê? Para sair do trabalho já quase de noite? Até os comerciantes se queixaram este ano...

Odeio horários mutáveis assim. Desregulam-me o bom humor e a tolerência que, nestes dias, têm andado bastante sofríveis.

publicado por Vita C às 17:23
Etiquetas:

25
Out 09

Encontrei-o. Achei piada. Ide ver.

 

publicado por Vita C às 13:47

24
Out 09

Quando (se!) eu casar, vocês não vão saber de nada!!!

 

E, satisfeita a língua viperina, vou aprontar-me para ir com a metade completa a um sítio muito doce. E depois ir ver "O Solista". E esquecer que amanhã tenho de preparar uma apresentação sobre comportamento humano e acidentes de trabalho.

 

 

publicado por Vita C às 14:05

23
Out 09

Sair às 22h30 três a quatro dias por semana quando se põe o pé fora de casa pelas 8h da matina é mau. Mas faz-se. porque se tem um curso a tirar. Apanha-se trânsito até apetecer gritar, sobretudo em dia de bola. Trânsito de manhã, à hora de almoço, à tarde e à noitinha. Anda-se com os óculos na carteira porque as lentes não aguentam tanto tempo seguido nos olhos sem pregarem partidas que poderiam ser engraçadas se não apanhássemos a 2ª circular para ir para casa. Dorme-se pouco e sempre com vontade de mais uns minutinhos. Trabalha-se o suficiente. Talvez um pouco mais que isso. Anda-se em bom português, podre,  de um lado para o outro. Domingo há maratona de trabalho em grupo para o curso nocturno.


E de repente, ou nem tanto assim, percebemos que há uma vida a ressentir-se, uns amigos que mal nos põem a vista em cima, uma família que gostaria que estivéssemos um pouco mais presente,  e um namorado que não aprecia particularmente sujeitar-se a uns horários que não se prevê que melhorem antes do próximo outono.

 

publicado por Vita C às 23:09
Etiquetas:

16
Out 09

Uma das minhas colegas de trabalho é brasileira e é porreirinha. Ficou, e cito "puta da vida" com a cena da Maitê Proença. A mim passou-me ao lado...
 

Mas a minha colega tem alguma razão. Quando ela entrou na empresa, vinha aterrorizada pela possibilidade de se enganar, pois certamente atribuiríamos o erro ao facto de ser brasileira e não à simples evidência de ser novata numa função que, não sendo complexa, é trabalhosa.
Pagando uma exorbitância pelos papéis e sua renovação, trabalha 7 dias por semana, pois trabalha aos fins-de-semana para poder enviar dinheiro para o Brasil. É empenhada até mais não e resolveu ir tirar um curso de contabilidade* cantem comigo: aleluuuuuuiaaaaaa irmãos!) para me poder libertar dessa parte que, em boa verdade, tem ficado descurada desde que iniciei funções no meu novo cargo. E continua a sofrer, por alguns, pelo estereótipo de brasileira boa e burra (boa até é, mas burra???).
 

Diplomaticamente, esta merda da Maitê é insignificante. Para os brasileiros (e outros imigrantes**) que cá tentam trabalhar (porque há os que de facto tentam fazer outras coisas), é uma chicotada valente. E estúpida e desnecessária.


 

* Tal como a pós-graduação que me propus a frequentar em regime pós-laboral para poder exercer estas funções, também este curso de contabilidade no mesmo horário é inteiramente pago pela empresa. No entanto, quer eu quer a minha colega, inscrevemo-nos antes de sabermos desta situação. Claramente, tenho muita sorte no sítio onde trabalho.

** Temos outro colaborador imigrante que, após 8 anos de trabalho em Portugal, se naturalizou. Trabalha mais que o Deco e o levezinho juntos. É das pessoas mais fantásticas e humildes que conheço. Foram os outros trabalhadores que o ajudaram a preparar o ditado que teve de fazer, perdendo noites de sono que, no trabalho deles, é bem preciso. Repetindo, claramente, tenho mesmo muita sorte em trabalhar onde trabalho.

publicado por Vita C às 22:04
Etiquetas:

11
Out 09

De facto ganhou o Isaltino... e o Valentim Carreira (ai desculpem, mas o cantor também não concorria?). Perdeu a Felgueiras, mas ganhou Felgueiras.
Fui votar com uma caneta do PSD, oferecida pelo candidato à Amadora (estou a confirmar que perdeu), e saí da mesa de voto a trautear uma famosa música popular portuguesa. Duvido que tenham ficado esclarecidos, mas votei em consciência. Para mim, já se vê, poder local é canhoto (e mais não digo!).

 

Ao fim e ao cabo, o Jorginho é que a sabe toda.

publicado por Vita C às 22:56
Etiquetas:

10
Out 09

 

... e o Isaltino vai ganhar, só me ocorre esta foto que tirei no Bairro Alto um destes dias.

Não me irrita que o Isaltino ganhe. Antes me incomoda a festa que lhe fazem nas arruadas, ao senhor conhecido por "10%". Que fez muito por Oeiras, dizem-me. Eu pergunto por Algés, o que fez ele? Mais fez a Teresa Zambujo aquando da saída para o governo do Isaltino.
Entretanto, nem vou recordar que um tipo que é condenado (atente-se, ultrapassa a questão do ser arguido) e cujo recurso ainda nem sequer foi apresentado, eticamente não poderia, de forma alguma concorrer. A questão legal configura-se, não obstante, no mesmo sentido de sempre...

publicado por Vita C às 17:39

09
Out 09

 

Ora desculpem lá, mas ESTE é o Nobel da Paz? O esqueleto do Alfredo deve estar a dar voltas e mais voltas. Simpatizo com este senhor, mas o que raio FEZ ele este ano de tão importante e pacificador? Motivou e deu esperança? Também muito oncologista, sacerdote e amigo.

 

Claramente, este Prémio é uma afirmação da politização da Academia norueguesa (ao contrário dos outros, este Nobel é decidido por um Comité sediado em Oslo). Uma afirmação de que se pode negar a receber um outro Nobel da Paz a favor da Grande Muralha da China. Uma afirmação explicativa do que é politicamente incorrecto.

 

Não me conformo...

publicado por Vita C às 17:08
Etiquetas:

Outubro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

12
13
14
15
17

18
19
20
21
22

27
29
30


mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

34 seguidores

pesquisar neste blog
 
subscrever feeds
Visitantes
Por aqui
online
blogs SAPO