espaço de mau feitio, alguma reflexão, música e outras panóplias coloridas

31
Jan 10

 

... há que repensar todo um conjunto de estratégias e possibilidades para o futuro. O Mario ajuda sempre. Sobretydo se a metade for um geek meganerd, como é o caso.

 

Entretanto, não fui ao Festival Termómetro e sei, graças à melancia, que o Manel cantou a Capitão Romance. O vídeo desta actuação será a próxima OST, assim que ela o disponibilizar. Até lá, vou roer-me, bater com a cabeça trinta mil quatrocentas e noventa e duas vezes.

publicado por Vita C às 21:40
Etiquetas:

30
Jan 10

Então no meio de tanta crise, o BPI tem 175 milhões de euros de lucro? De lucro! Crise? Não temos condições para subir o salário a gente que vive com 500 euros por mês, mas não podemos impor impostos aos bónus dos gestores. Criticamos os enfermeiros por quererem receber salários dignos, mas eu acrescento que não são apenas estes que não auferem um salário justo. E o senhor Ulrich a esfregar as mãos de contente. Fico contente por ele, mas continuo pasmada. É que pensei que a crise fosse para todos. Se o BPI sobe spreads e o resto do preçário, duvido das boas intenções de contributo para a consolidação do fim anunciado da crise. Ah, esperem, mas é que eu já duvidava.

publicado por Vita C às 14:17

27
Jan 10

Eu ter comprado um Kinder Bueno para comer logo durante o curso e já o ter devorado???
Mas é que é tão bom!!!

publicado por Vita C às 15:22

24
Jan 10

Estou triste por antecipação. Esta notícia é, para mim, algo agridoce. Gosto de saber que os grandes artistas preferem sair de cabeça erguida, de pé morrem as árvores.
Os Scorpions foram a minha primeira grande pancada musical. Esta música, que além de ter um valor simbólico sobejamente conhecido, foi a minha primeira música preferida. Tanto que, era eu bem catraia, e comprei uma cassette dos Onda Choc (ou dos MiniStars, não me lembro) só porque tinham uma versão desta música. E só por isso foi essa a música que optei por pôr aqui, porque têm tanta música tão boa que a escolha era difícil.

Ainda por cima, estes tipos percebem de música. Não se limitam a debitar acordes e refrões. Diz que vão fazer uma última tournée. Estarei lá.

 

publicado por Vita C às 13:42
Etiquetas:

22
Jan 10

Estando excelsamente cansada e pouco paciente, mas com vontade de arrotar postas de pescada aqui no burgo, achei novamente que das coisas mais inúteis para pôr aqui era o percurso de entrada no blog pelos seus visitantes.

Preparados (têm mesmo de estar)? Ready! Set! Go!

 

 

 

Quénia lixeira, lixeiras no quénia e por aí, tendo também o assustador leixeira Quénia: é com um certo orgulho que noto que não fui a única a sensibilizar-me com a reportagem que mencionei.

 

Porque sim... porque quero... porque me apetece: aaaaah pois, a mim também. O espírito é mesmo este. Não sei é o que as pessoas procuram quando inserem isto num motor de busca. Mas acredito que possa ser uma letra ou um pedaço de texto que tenham ouvido que que gostassem de recordar. Mais ideias?

 

Afastar as pessoas más: eu se soubesse, partilhava o segredo. Mas podemos embarcar numa de troca de pessoas más. Tenho lá umas no trabalho bem jeitosas, disponíveis para permuta? Oui?? Please?? Não?

 

Definição outch: depreendo que pôr palavras quasi-onomatopaicas nos títulos atrai gente. Gente que acolho sorridente, vinda lá do outro lado do oceano, por terras de Vera Cruz. Nada mal para um pequeno blog inconstante.

 

eeeerrrr: eeerrr digo eu? Isto é pesquisa que se faça? Ainda por cima para descobrir os meus pontos fracos? Não achei nada bem!

 

Mafia Wars Bangkok: pois, já está em beta para alguns jogadores. Não falemos nisso, pois ao invés do que se passou com a expansão de Cuba, não fui uma das felizes contempladas. Estou curiosa e não acho nada justo, eu que tanto contribuo para a propagação do vírus, perdão, do vício. Para quem procurou acabei todos os níves no mafia wars, esta é a minha resposta: não foram todos (toma! toma!).

 

Nesta fase complicada da minha vida: alguém veio parar a este caos numa fase menos boa. Fico atónita. A pensar que cada vez mais gente anda a passar fases complicadas. Seja essa complicação qual for.

 

Tácticas de engate: outra vez?!?! Pensei que estávamos conversados quanto a este assunto.

 

Neutrogena blogs e Neutrogena frio: link directinho para um post antiquíssimo referente a dicas de beleza (ahahahahaha). Mais informo que entretanto mudei de emprego e de creme de mãos: ofereceram-me um da Rituals pelo Natal.

 

Momentos Kodak: e não eram? Estamos já a pensar noutros (sorriso estúpido estampado na fronha)

 

Só me apetece cobrir: repito isto.

 

Deixámos os vudus, os homens voadores e pernas de crianças, o que me tranquiliza. Fiquei também boquiaberta com um visitante que esteve uma hora em frente ao blog (não a dormir, pois ia mudando de página). Estamos a melhorar.

 

(Uma pequena nota lateral: o vinte-e-um-gramas acabou e estou triste. Mais um motivo para actualizar a lista de links, remover alguns e incluir novas descobertas)

publicado por Vita C às 23:16

20
Jan 10

 

 

Dia 30 de Janeiro! A final do Festival Termómetro traz à capital Manel Cruz. E outros. Mas o Manel é o mais importante. 5 euros, 23 horas, algures na Factory. Estaremos por lá, a torcer pelos You Can't Win Charlie Brown e a esperar pelo Manel. E pelo Úria e pelo Fachada. E pelo Manel, claro. Até lá!

publicado por Vita C às 22:35
Etiquetas:

19
Jan 10

A peça Blackbird, o concerto dos Metallica (o de Pearl Jam está assegurado), entre tantas e muitas outras coisas, etc. E tudo isto com ele. E mais ninguém.
 

(estou amuada com o resto do mundo!)

publicado por Vita C às 12:47

17
Jan 10

 

Hoje enquanto me ia embora, ele contou-me que tinha tido uma besta de brincar, qual Guilherme Tell dos tempos modernos. Isto quando era (???) puto. E como a mãe lha tinha atirado à ribeira por uma birra que ele tinha feito. E eu gosto destes pormenores, destas partilhas deliciosas. Enquanto comemos gomas e vemos filmes, alguns da chacha. E ele me faz cócegas que eu retribuo com umas desajeitadas, mas letais, joelhadas.

 

 

 

Na segunda parte deste post, estou prestes a terminar um livro que me está a sensibilizar por diversas formas. Escrito por Marcos Ana, nome composto pela junção do nome do pai e da mãe de Fernando Castillo, Digam-me como é uma árvore foi um livro que ofereci e que agora devoro intensamente. Marcos Ana funciona como um Soljenitsine espanhol, sobrevivente a um regime franquista que o encarcerou durante 23 anos, metade da vida e toda a sua juventude. Comunista, pois claro. Mas dos lúcidos. Eventualmente com um a dedicação das que só podem redundar em poesia. Um único reparo até ao ponto onde me situo no livro: existir uma única referência ao regime de Salazar e nem isso, uma menção à revolução dos cravos e nada mais. Comparando com a imensidão das palavras dedicadas aos países da América Central e do Sul, e ainda ao resto da Europa, parece-me pouco. Mas isto sou eu. O livro continua a ser magnífico.

publicado por Vita C às 20:33

16
Jan 10

Ontem à hora de almoço estava a conversar com uma colega (das boas, das poucas que não só é simpática como tem dois dedos de testa; ilustra a nova vaga de conversões profissionais, pois exige muito estômago a uma socióloga estar a aturar uma recepção com chefes bastante medíocres) sobre documentários.
Contou-me ela um sobre uma lixeira colossal no Quénia e sobre as vicissitudes da sobrevivência humana.
Hoje a SIC repetiu-o. Está aqui. É obrigatório ver. Porque a vida não é feita de Orçamentos de Estado nem de Floribellas.

Se forem muito preguiçosos, vejam a partir daqui:

 

publicado por Vita C às 13:40
Etiquetas:

15
Jan 10

1) Já não jogo Farmville. Foi difícil, custou deixar tudo apodrecer e não voltar lá!

2) Fui tirar os pontos após a extracção do dente (siiiiiiiiiiiiiiiiiiim, leve mooooooooontes de pontos!!) e não doeu. Tenho consulta marcada para a semana para pequenas intervenções.

3) Num só dia, e sendo a única pessoa da empresa na mesma (tendo de assegurar a sobrevivência e eficiência da mesma dado o chefe estar em reuniões e colega ter ido parar à baixa depois de ter achado que conseguia sobrevoar os degraus) consegui fazer todas as reconciliações bancárias de três bancos desde o mês de Julho. Mentira, faltam-me quatro, mas é quase a mesma coisa*.

4) Esta não depende de mim, mas chegámos a sábado!!!! E depois ainda temos domingo!!! Aleluuuuuuuuia irmãos!

 

___________________________________


* Sendo a minha formação em psicologia e não pescando um rabiosque de contabilidade a não ser aquilo que me propus a pesquisar.

publicado por Vita C às 21:56

Janeiro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

11
12
14

18
21
23

25
26
28
29



mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

34 seguidores

pesquisar neste blog
 
subscrever feeds
Visitantes
Por aqui
online
blogs SAPO