espaço de mau feitio, alguma reflexão, música e outras panóplias coloridas

27
Abr 13

 

 

Sim, só recentemente descobri os llao llao. Agora ando a compensar os llao llao perdidos. Até tenho cartão de cliente, que o décimo é gratuito.

publicado por Vita C às 15:19
Etiquetas:

25
Abr 13

 

publicado por Vita C às 00:27
Etiquetas:

23
Abr 13
Nos comboios da linha de Cascais, vários livros hoje sobre os
assentos! Para mim, trouxe "O sol de Breda", do Arturo Pérez-Reverte,
mas há muito por onde escolher ... ide, antes que acabem!
publicado por Vita C às 12:28

22
Abr 13

... mas fiz abdominais de manhã, também tem de contar. E amanhã há natação.

Estou a estudar avidamente e a preparar uma apresentação que vou dar na 5a feira. Sim, 25 de abril. Para os interessados, será na Akademia do Ser, em Paço de Arcos, e tem como ambicioso tema "Pare, escute ... e sinta: o que a psicologia pode fazer para ajudar a mudar a sua vida (para melhor!)". Se fechar mais a boca, pode ser que dê para compensar estes dois dias de desleixo desportivo.

publicado por Vita C às 19:35

15
Abr 13

Com tanto atraso devido a ter ficado de cama na semana passada, tenho os cursos atrasados (menos de uma semana, mas estão atrasados). E, ainda assim, e se calhar até por isso, desde sábado que faço caminhadas de pelo menos meia hora. As pequenas passeatas de meia hora são acompanhadas pelo Rookie, em jeito de passeio acelerado.

Hoje, armada em esperta (só pode ter sido), fui sozinha e dirigi-me a pé até ao Estádio Nacional. Cheguei lá algo cansada, mas não muito. Mas claro, o caminho tem de se fazer de volta e aí é que foram elas. E fiz-me à estrada, agora pela Marginal. Ali a meio do Dafundo comecei com dores nas pernas (sinal da minha fraca condição). Foi com muita insistência e perseverança que cheguei a casa, uma hora depois de ter saído. Fraco tempo para tamanho esforço.
Amanhã é dia de pausa nas caminhadas, amanhã nada-se!

publicado por Vita C às 21:15
Etiquetas:

14
Abr 13

Estava lá no call center, com uma motivação enorme (primeiro dia de regresso depois de ter sido acometida por uma febre dos diabos, raisparta esta porcaria), e sou informada que há uma reunião às 14h. Tudo bem, o meu horário é das 10h às 14h, não custa nada ficar mais um pedacito de tempo. Mais a mais levo sempre duas peças de fruta para lá, dá para entreter o estômago. Mas chegaram as 14h e a reunião foi adiada para as 14h30. Hmmm, está bem. Fui para o exterior comer uma maçã. Às 14h30 ainda não tinha chegado a senhora da reunião*. Existe aqui um pormenor relativo ao facto de eu ter uma consulta agendada para as 16h30. Bom, quando perguntei sobre o atraso, "ah pois, está atrasada, não sabemos quando chega", já me estava a pôr os cabelos em pé. Mas a gota de água foi quando o director do call center chega ao pé de nós e diz para irmos trabalhar, ao menos para aproveitarmos o tempo.

- Porquê, a empresa paga?

- Não, mas ...

- Então prefiro mesmo ficar a conversar.
Senhores, eu ganho menos de 3,40 euros à hora. Pedirem-me para trabalhar de graça não só é ofensivo como roça o atentado à dignidade. Consigo, assim de chapa, encontrar mil e trinta e duas coisas melhores para fazer fora do meu horário.
Claro que esta tirada me valeu uns olhares reprovadores por parte de alguns colegas. Que estão desesperados por manter este emprego. Não é o meu caso. Não faço questão de ser uma call-center-maníaca. Muito pelo contrário.

 

* Não, não há imprevistos nestes casos. Eu trabalhei, enquanto TSHST, para uma obra da empresa que destacou a senhora da reunião, conheço a política da coisa, "o pessoal pode sempre esperar um bocadinho que a gente acabe de almoçar", ou qualquer outra versão que sugira que o tempo dos outros é menos importante..

publicado por Vita C às 21:50

10
Abr 13

Não sou uma pessoa politicamente correcta.
Há muitos anos, quando fazem aquelas perguntas esquisitas tipo, quem é o teu herói preferido ou diz-me alguém que admiras, dos meus lábios sai sempre o nome de Bobby Sands. Pela determinação. Pela persistência. E sobre quem a Dama de Ferro disse coisas absolutamente políticas, mas não menos horrendas. Porque 66 dias sem comer não é coisa que se faça de ânimo leve. Ter o estatuto de prisioneiro político deveria ter sido um direito. Bobby Sands seria para mim um herói? Não, não concordo com a violência. Mas por ter sacrificado a sua vida em nome de um ideal, por se ter privado e ter suportado sessenta e seis dias e ter pago com a própria vida a sua dedicação, sim, Bobby Sands é um herói.
Não posso ter pena de Margaret Thatcher, ou sequer simpatizar com ela. Espero que tenha partido sem sofrimento, mas não empatizo com quem afirma ter sido uma grande perda. Politicamente, talvez tenha sido. Humanamente, tenho as minhas reticências.

 

Michal Fassbender, retratando Bobby Sands, numa transformação arrepiante, no filme Fome, de Steve McQueen, em que Sands é retratado de uma forma estritamente simples, sem heroísmos, aliás, sem grandes falas. Uma soberta interpretação de Fassbender.
publicado por Vita C às 18:00
Etiquetas:

De um fim de semana na palhaçada.
Certo, sábado de manhã levantei-me cedo para ir dar consultas.Mas daí até segunda-feira, o resto do fim de semana era unicamente nosso.
Convidámos amigos para o jantar de sábado e, como devemos ter fama de pelintras, todos levaram sobremesa, alguns mais do que uma até. Nós tínhamos feito morangos com natas e limão e comprámos dois gelados, pelo que ficámos com sobremesas para dar e vender. Massa para aqui, camarões fritos para ali, o resto do nosso jantar de sexta-feira também foi à mesa, e nos entretantos alguém se lembra de ir buscar isto:

 

 

Isto, meus caros, é a salvação de qualquer noite que tenha hipótese de não correr bem. Chama-se Extreme Party Co e é um jogo absolutamente fenomenal. Eu repito fe-no-me-nal, porque de facto, foi a melhor forma de ter oito pessoas bem dispostas durante imenso tempo até sermos vencidos pelo cansaço. Nós experimentamos a versão meninas contra meninos (ganhámos por três a zero) e foi delirantemente hilariante. Não têem jeito para desenho, para trautear ou para mímica, são uns seres anti-sociais? Invistam num jogo destes e saboreiem a emoção de rirem até as lágrimas escorrerem pelas bochechas.

Um único disclaimer na versão meninas contra meninos: sejam competitivos mas não demasiado, está bem?, não quero pensar no Extreme Party Co como desmancha relações desde 2013.

publicado por Vita C às 17:05
Etiquetas:

02
Abr 13

Éo grande culpado da minha parca produtividade bloguística. Isso e a minha gestão de tempo pouco capacitada para isto.

Um curso já terminado. Três cursos actualmente em simultâneo. Um dos quais é claramente um parente próximo de cognição social e traz-me a um estado de êxtase e saudosismo* e à leitura de artigos às quatro da manhã. Portanto, ando a dormir de menos, para assistir às aulas todas durante o prazo suposto, fazer os exames, trabalhar, dar consultas e, claro, viver.

 

* E quem é que continua a não conseguir ouvir falar de Freud? Ou estudar Freud? Eu tento, eu tento, mas não dá ...

publicado por Vita C às 20:18
Etiquetas:

Abril 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
11
12
13

16
17
18
19
20

21
24
26

28
29
30


mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
subscrever feeds
Visitantes
Por aqui
online
blogs SAPO