espaço de mau feitio, alguma reflexão, música e outras panóplias coloridas

26
Mai 14
Chego ao trabalho e perguntam-me sobre os resultados eleitorais. Tirando isso, sendo feriado no UK, o meu dia permanece calmo, demasiado calmo... sonolento, mesmo!

(escrevo do trabalho, perdoem os teclados britanicos)
publicado por Vita C às 17:43

25
Mai 14

 

Fui votar, pois sim. Em consciência, sempre.

publicado por Vita C às 20:26
Etiquetas:

21
Mai 14

Vai haver um congresso em Sevilha, em Novembro. Fui lá na Expo 92 e voltei no mesmo dia, por isso, além de ser mui petiza, fiquei com vontade de voltar. Eu quero ir, já estive a ver preços, comboio e afins. E vai daí pareceu-me ser uma boa altura para irmos de mini-férias. Partilho com ele.

- Sevilha?

- Sim, vai ser giro, eu vou ao congresso, depois passeamos, vemos coisinhas e tal...

- Sevilha?

- Sim, pá, que coisa, Sevilha! Que foi?

- Sevilha? Tens noção que nunca na vida vou a Sevilha?

- ...

- ...

 

 

 

 

 

 

Esqueci-me que o Benfica tinha jogado na véspera a final da Liga Europa, que perdeu  ... para o Sevilha!

 

publicado por Vita C às 21:02
Etiquetas:

17
Mai 14

Metade convenceu-me a irmos ao cinema. Tudo bem até aqui. Resolvemos ir experimentar o IMAX (ainda não tínhamos ido ver a tal ideia de experimentar parte do filme e, sinceramente,não fiquei com vontade de repetir a experiência).

 

E fui ver um dos piores filmes de sempre de toda a história do cinema. Para mim o pior. É que de tão mau que é nem dá para rir.

 

Eu até fiquei descansada quando vi que o filme contava com Brian Cranston e Juliete Binoche. Mas não só as suas personagens morrem quase logo no início como, epá, o Jeremy Irons também entrou no Dungeons and Dragons. Não foi um selo de qualidade...

 

E depois aquela coerência maravilhosa de quererem matar um monstro que se alimenta de radioactividade com uma ... bomba atómica? A sério?  Mas esperem, no meio daquilo existem outros monstros, MUTOs, que fogem para acasalar e se alimentarem... e de onde foge um deles? Do depósito de armazenamento de resíduos nucleares... para procurar mais radiação. Para se alimentar.

 

E mesmo que tentemos esquecer isto tudo, naquela de descontracção e não pensar muito, quando o Godzilla (se ainda não perceberam que era deste filme que estava a falar) está a levar porrada dos MUTO, neste caso da fêmea, o que faz? Abre a bocarra e sai um poderoso raio azul, Mas porque raio é que ele não os despachou logo com aquilo? Caramba, se eu deitasse raios azuis pela boca não havia cá malandragem que se chegasse!

 

Portanto, no final disto tudo, Gozilla é um herói. E regressa às profundezas oceânicas. De onde, espero, nunca mais um realizador o vá buscar...

 

Digo-vos, eu sou uma metade e pêras. Só assim se explica ter ido ver isto ao cinema:

 

 

publicado por Vita C às 22:01
Etiquetas:

Maio 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16

18
19
20
22
23
24

27
28
29
30
31


mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

34 seguidores

pesquisar neste blog
 
subscrever feeds
Visitantes
Por aqui
online
blogs SAPO