espaço de mau feitio, alguma reflexão, música e outras panóplias coloridas

11
Jun 09

Eu sou fã da RTP. Da RTPN então não se fala. Aprecio a informação menos sensacionalista e menos arrogante. Gosto do Observatório do Mundo da TVI24, se servir como excepção.

 

Eventualmente deveria ter escrito no pretérito imperfeito: era fã, apreciava e gostava. Não consigo conceber como é que um serviço de informação que se quer público e coerente dá primazia aos 94 milhões de euros da transferência do Cristiano Ronaldo para o Real Madrid. É que esta notícia, em grandes letras e com sub-notícias incluídas, teve honras de abertura do telejornal, em detrimento de uma notícia até mais fresca (em número de horas, tudo conta no jornalismo), ou seja, a OMS ter declarado o nível máximo de alerta e, portanto, proclamado a pandemia referente à gripe A?

 

Não era necessário serem alarmistas ou sensacionalistas (para isso chegam as outras estações). Não será mais do interesse público um facto de saúde global?
Confesso que posso estar a exagerar, visto a metade-de-mim estar em Inglaterra e portanto, mais exposta teoricamente, mas acho que não.

 

"Negócios são negócios*" dizem agora na RTP. Agora entendo.


 

* para não falar do escândalo, em tempo de crise generalizada, que é este valor absurdo  (o da transferência, e o do salário do menino) e incompreensível a não ser numa abstracção muito exercitada.

* ah, a pandemia foi a segunda notícia, mas os segundos são apenas os primeiros dos últimos - mal, RTP, mal.

publicado por Vita C às 20:02

Junho 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
13

15
17
20

21
22
23
25
26



mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Visitantes
Por aqui
online
blogs SAPO