espaço de mau feitio, alguma reflexão, música e outras panóplias coloridas

14
Jul 09

Que um homem tente engatar uma mulher mesmo que ela esteja comprometida, eu até entendo. Não gosto, mas entendo. É uma coisa pseudo-típica de macho.

O que eu não compreendo, nem quero compreender, em toda a minha vida, curta ou longa, como aprouver aos deuses da longevidade, é esse homem usar como tema de conversa uma coisa como "ontem fui à depilação a cera, a gaja magoou-me e quero o meu dinheiro de volta".

 

É foleiro, deprimente, e enche-nos a tarde com visões que, honestamente, qualquer mulher preferia não ter. Não só porque se perde tempo precioso de ócio a imaginar um sósia da pilosidade do Tony Ramos, como nos parece fútil. Todas (ou a grande maioria, espero eu) passamos pela depilação, frequentemente. Dói? Sim, mas e daí? Aguentamos, não aguentamos? Quer dizer, era suposto ser uma estratégia de proximidade pelo sofrimento? Não resultou lá muito bem. Nem muito mal.

 

publicado por Vita C às 21:33

Julho 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10

13
15
16
18

19
24
25

26
28
31


mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

34 seguidores

pesquisar neste blog
 
Visitantes
Por aqui
online
blogs SAPO