espaço de mau feitio, alguma reflexão, música e outras panóplias coloridas

12
Nov 09

O meu médico de família é genial. Honestamente, adoro o homem. Para já porque é amigo do Palma.
Fui visitá-lo porque andava a arrastar esta febre há tempo suficiente para me querer atirar de janelas e/ou morder alguém e, acreditem-se, sem qualquer elemento erótico a acompanhar.
Veio a história da vacina da gripe A. Não que ele se tenha vacinado, o esperto. Mas porque sou asmática (de verdade, daquelas a tomar muitas bombadas frequentemente) e lhe parece que é a maior preocupação que eu lhe poderia dar. Então eu que decidisse. Quando eu até já tinha pensado que não, que não queria.
Ah, mas e a minha febrezinha? Poooooois, parece que podia ser gripe A, diz ele, e ainda bem que era ligeira e ficava despachada. E fui eu, com mais uma carneirada de gente de máscara (que eu não pus, aviso já, ora se toda a gente tem, para quê entrar na paródia?) a deixar que me espetassem umas cotonetes monumentais para fazer um exsudado nasal-faríngeo. Cinquenta e cinco euros de cotonetes e máscaras. Tosse e gente a choramingar e a queixar-se. 24 horas de espera e os resultados: népia, nada, neribi, negativo. Nem sequer me posso vangloriar nem ter 7 diazinhos de descanso. Andei a pôr uma máscara para médico ver, e nada.

Baaaah!

publicado por Vita C às 21:26
Etiquetas:

Novembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
13
14

16
17
19
20

23
26
27
28

29


mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Visitantes
Por aqui
online
blogs SAPO