espaço de mau feitio, alguma reflexão, música e outras panóplias coloridas

14
Mar 10

Não pretenderei nunca entender certas coisas.
Não vou tentar compreender a magnificência de um dia a nascer, de um sorriso no momento certo, de uma música que passa na rádio e nos transporta para um dia que apenas para nós foi especial.
Não tentarei discernir da sapiência das coisas simples, dos abraços a que chamamos casa, dos cheiros que persistem no aconchego da memória, do toque que electriza e acalma.

Porque, no fundo, há momentos em que somos muito mais. A alma não é pequena, só temos de abrir a janela e deixá-la voar.

 

* O principezinho, esse sábio

publicado por Vita C às 21:11

Março 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
11
12

16
20

22
23
25
26
27

28
30
31


mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

34 seguidores

pesquisar neste blog
 
Visitantes
Por aqui
online
blogs SAPO