espaço de mau feitio, alguma reflexão, música e outras panóplias coloridas

13
Mar 11

E canto por convicção. Sempre cantei. Quase sempre, se a voz vai só, vai falhar uma ou outra nota.

Sou uma auto-didacta. Aprendi solfejo quase sozinha, toco guitarra sem ninguém me ter ensinado, quase de olhos fechados. Pesquisei muito e dei inúmeras dores de cabeça aos meus vizinhos. Comecei a compor quando a guitarra resolveu ganhar vida própria e as qualidades dos acordes se tornaram mais claras. Tenho uma flauta Yamaha que me ofereceram cuja dedilhação, por ser barroca, me é incompreensível. Acho que toco melhor do que canto, muito melhor mesmo. Canto num coro, para que se saiba. E desafino.

 

Hoje, pela primeira vez, cantei para ele.

publicado por Vita C às 22:34

2 comentários:
eu para aprender a tocar guitarra e piano foi um desatino.... acho que sozinha nunca lá chegaria. ou talvez sim....
Kit-Kat a 15 de Março de 2011 às 11:41

Ou então sim, que tudo se aprende. A minha maior pena é não conseguir transpor para a voz aquilo que se desenha no ouvido. Quando era mais miúda o meu grande sonho era ir para o Conservatório. Fiquei-me por uma pseudo-música de trazer por casa :)
Vita C a 15 de Março de 2011 às 20:21

Março 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11

14
15
16
17
18

21
22
24
25
26

30


mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

30 seguidores

pesquisar neste blog
 
blogs SAPO