espaço de mau feitio, alguma reflexão, música e outras panóplias coloridas

16
Jun 13

Ontem a Pitucha teve uma síncope cardíaca, perdeu as forças e começou a desfalecer. Chamaram-me, porque estava a dar consultas e a fazer agendamentos, e eu voei até casa, ainda a tempo de a ter nos braços a pensar que seria desta que a cadela morria, e a ser assim, há de morrer nos meus braços, com festas e beijos no focinho. Não foi um espectáculo bonito de se ver. Hoje já se levanta, arrisca-se num latido, e demonstra-nos a sua inegável força de viver.

Veio cá o véti véti, super recomendado, ligámos-lhe ontem, ele estava de viagem, assim que aterrou hoje na Portela ligou-nos de volta, combinou tudo, examinou-a de uma ponta à outra, aproveitou para ver também o Rookie, revalidou-lhes as vacinas, desparasitou-os, estes são os nossos ai jesus e ficam soberbamente bem entregues. Setenta euros, dois cães, vacinas incluídas, e o homem vem a casa. É véti véti por vocação, nota-se na forma como o Rookie o recebe, nas lambuzadelas que a Pitucha lhe dispensa. E eu fico feliz em saber que há gente assim, dedicada, que cuida dos meus bichos o melhor que pode, tal como eu sou a melhor dona que posso. Embora às vezes o coração fique feito num oito. Embora às vezes pense que uma vez há-de ser a última. Mas até lá, esperarei, sempre, de colo aberto aos meus cães. De mimo e afecto sei eu. O resto entrego ao véti véti.

 

publicado por Vita C às 20:35

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


Junho 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
15

17
19
20
21
22

24
25
26
27
29



mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

30 seguidores

pesquisar neste blog
 
subscrever feeds
blogs SAPO