espaço de mau feitio, alguma reflexão, música e outras panóplias coloridas

23
Fev 09

Curto. Muito curto, este fim de semana, prolongado para alguns, mas muito curto para mim. Mochila pesada às costas, bilhetes na mão, e o desconhecido pela frente.

Chegar a uma das vilas mais altas de Portugal e descobrir que tem 185 habitantes e que, por pura coincidência ou desígnio divino, a nossa estadia se sobrepõe a uma festa gastronómica de azeites de lagar. Os sorrisos francos, o sotaque quase fechado, os braços abertos, o bom gosto e o bem receber. A certeza de voltar...

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Esta última ainda me valeu um bom susto, porque apesar de só passar um comboio por dia nesta remota estação onde nem se podem comprar bilhetes, nunca sabe quando um comboio transviado resolve aparecer num cenário idílico. É, eu tenho medo de andar de comboio, medinho, fobia, portanto medo irracional. Mas hoje foram 3 comboios e 4 horas entre estações cujos nomes nem sabia que eram pronunciáveis...

 

(e grande, grande, mas GRANDE o Óscar para o Sean Penn)

publicado por Vita C às 23:38

Fevereiro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
12
13
14

15
17
18
20
21

22
25
26


mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

30 seguidores

pesquisar neste blog
 
subscrever feeds
blogs SAPO