espaço de mau feitio, alguma reflexão, música e outras panóplias coloridas

15
Mar 09

... e porque eu não sou daquelas típicas mentes portuguesas que ao primeiro ou segundo raio de sol se alapa na praia para ficar tipo lagosta (que é exactamente como eu fico, sem tirar nem pôr), resolvi ir ao Centro de Arte Manuel de Brito, num espaço verde e fresco, em Algés. Aos domingos, a cultura é grátis, e para mim, claramente preferível à praia.

António Palolo por um lado, uma retrospectiva da pintura portuguesa dos anos 90, Paula Rego e Julio Pomar, entre outros, pelo outro. Palolo, claramente, dos meus pintores preferidos. E sem pagar um cêntimo...

O que me leva a pensar, novamente, que a oferta culturar neste país não tem necessariamente de ser dirigida às elites. Infelizmente, o estereótipo da arte como algo abstracto (que até pode ser) e maçador (que também pode, eventualmente ser) ainda afasta muita gente, que prefere sempre o ócio, em vez de o regar moderamente com novas vistas e novas obras. Não custa nada, e só faz bem.


(e promento que o próximo post será, na medida do que este blog tem prometido, consideravelmente mais estúpido, sim?)

publicado por Vita C às 21:59

 

O Rui tem 28 anos. Escreve pelo menos desde que o conheço, já lá vão mais de dez anos. Apaixonado pela História, pelo revivalismo, pelo Amor, pela Ciência. É professor. Foi da minha turma no meu longíquo 10º ano, esteve presente no dia em que conclui o curso e eu no dia em que ele concluiu o dele, foi ele quem me levou a casa na minha "grande bebedeira de todos os tempos". Passámos por muitos momentos naquilo a que gostamos de chamar carinhosamente "o tempo da velha guarda".
Por acaso, tenho a sorte de o ter como um dos meus melhores amigos. E tive a sorte e o privilégio de o ver alcançar muitos sonhos ao longo dos percursos que fizemos, juntos e outras vezes mais afastados. Um desses sonhos tornou-se realidade ontem, aquando da edição oficial da XVII Antologia da Poiesis, da Editorial Minerva, no Auditório Carlos Paredes em Benfica (onde curiosamente, há uns bons anos, eu tive aulas de teatro). Eu estive lá. E foi com alguma (muita) comoção que o ouvi dedicar aquele momento, tão merecido, tão único, tão especial, a todos os "amigos de sempre, aqueles ali em cima".

É favor ler, é favor ler!

publicado por Vita C às 12:58

Março 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
14

16
19

22
25
26
28

30


mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

30 seguidores

pesquisar neste blog
 
subscrever feeds
blogs SAPO