espaço de mau feitio, alguma reflexão, música e outras panóplias coloridas

05
Jun 10

Está um pombo no passeio em frente à minha porta. Tem uma das asas partida e não a consegue levantar. Está colado ao passeio a tentar erguer-se só com uma asa. Nota-se que está exausto. As pessoas passam e olham, e ninguém faz nada.

Eu não fiz nada. É um pombo, um maldito pombo, a única coisa que sabe fazer é deixar-te recordações indesejadas no vidro do carro. Mas deixou-me com um nó na garganta. Continue a passear o cão, a deixá-lo cheirar as árvores, indiferente. Ainda agora olho para ele e está deitado de barriga para cima esperando festas ... ainda que durma, este cão deve sonhar com festas.

Então percebo o nó na garganta. De repente apercebi-me. Recordei-me de ter lido isto, Ninguém e o Pássaro Azul. E no fundo, a velha pergunta de Garrett, quem és tu Romeiro?

Ninguém.

 

Ainda que seja um post confuso, precisa de um fecho. Quando saí para o passeio da noite, com o cão a pulular alegremente, o pombo já tinha desaparecido. Se não se conseguia mexer, pode ter sido presa fácil para um gato ou um cão dos muitos que por aqui cirandam. Também pode ter havido algum humano mais sensível e hábil, ou, gostaria eu de acreditar, o esforço compensou, e conseguiu levantar-se e voar.

publicado por Vita C às 23:42

04
Jun 10

Gosto destas sextas que se colam à pele e nos abrem os olhos. Gosto destes dias em que trespassamos a saudade. Gosto desta rotina mansa capaz de se enfurecer. Gosto de poder espreitar pela janela e ver a serra e ver o Tejo e ver Lisboa lá ao longe. Gosto de pausas com sabor a descanso e cheiro a maçã. Gosto de estudar as páginas únicas de um livro como se as não visse nunca mais. Gosto de poder subir e descer escadas a correr, gosto de saltar e correr e pular, sobretudo hoje que é sexta-feira. Gosto da árvore que existe em  frente à minha janela, e cujo agitar se sintoniza com os meus pensamentos e preocupações, e gosto que essa árvore vá respondendo com um silêncio tão cheio às minhas inquietações.

Gosto dos rastos de nuvens no céu e gosto do entardecer. Gosto do Chiado. De tanta coisa...

Gosto de gostar de coisas e pessoas e momentos e cheiros e sons e cores.

Gosto de estar viva.

publicado por Vita C às 10:11
Etiquetas:

02
Jun 10

 

Tenho de fazer um trabalho sobre ruído industrial, ambiente térmico (I clo, I clo, i clô), selecção de protectores auditivos e afins. Tudo coisas das quais não percebo um rabiosquezinho (pardon my french, will you?). Mete muitos números. Mete muito medo.

Mas como a besta do formador embirrou comigo porque eu não sou engenheira, estou determinadíssima a pregar-lhe uma valente bofetada de luva branca. Só tenho de começar a perceber desta merda...

publicado por Vita C às 17:39
Etiquetas:

Junho 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
11

14
15
16
17
18
19

20
21
23
25

27
29


mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

30 seguidores

pesquisar neste blog
 
subscrever feeds
blogs SAPO