espaço de mau feitio, alguma reflexão, música e outras panóplias coloridas

11
Set 10

Está a ser demasiado fácil gozar com os vizinhos da segunda circular este ano. Custa-me, porque respeito o Benfica, e até porque o meu Sporting não tem melhorias significativas para convencer adeptos. Mas custou-me mais atender o telefonema do meu pai, em Espanha, e dizer-lhe que o clube do coração (mais uma vez) perdeu.

Eu, que não entendo nada da profissionalização do futebol, acho que é castigo. Quem disse ao Jorge Jesus que lá por ter sido campeão podia dar bitaites a torto e a direito (nomeadamente na selecção [RIP]?). Ninguém, pois não? Então bom, ora agora que se aguente*. Infelizmente, até agora não há dúvida que o título se discutirá entre o Braga (yeeeeah) e o sempiterno Porto. Se assim não for, ao menos que o JJ engula uns quantos sapinhos (verdes, de preferência). Não há pachorra, uma coisa é ser confiante, outra é ser arrogante. Parece que o único que se pode dar ao luxo de juntar ambas as coisas e com razão é mesmo o Mourinho.

 

* E sim, o Benfica foi roubado. Todas as jornadas acontece com uma ou outra equipa, é a vida, parem de ser crianças e treinem mas é o jogo com o Apoel.

publicado por Vita C às 23:47
Etiquetas:

09
Set 10

Sobre ela. Mas não dá.

As palaras não cabem todas num sentimento destes.

 

Parabéns e um sorriso. E um abraço daqueles, vá.  

publicado por Vita C às 14:31

05
Set 10

O regresso ao trabalho. O ser a primeira a entrar no escritório e saber que tudo terá de ser gerido como se não me tivesse ausentado.
Quando escolhi deixar a psicologia, senti que estava a abdicar de uma parte de mim. Penso nisso todos (ou quase todos) os dias. Mas o meu trabalho não deixa de me dar inúmeras possibilidades de a viver no terreno. Amanhã será a minha tolerância à frustração, a minha motivação intrínseca e a abertura de espírito que estarão, mais uma vez em jogo.

Este tempo passado fora da capital foram fulcrais. A simpatia das pessoas, o ar puro a brindar os pulmões, os sorrisos tão gentis e genuínos, o aproximar de pessoas com quem há muito não falava, e sobretudo, o abraço de regresso da minha metade. Vale por tudo.

 

Ainda assim, não me apetece.

publicado por Vita C às 21:26
Etiquetas:

04
Set 10

 

 

Hoje fui a um sítio que, sendo especial para mim, não visitava há muito (demasiado) tempo.
Saí na altura devida há uns anos, quando aquilo que deveria ser verdadeiramente importante passou para um plano acessório e as pessoas começaram a preocupar-se mais em olhar para os seus umbigos e criticar os umbigos dos outros. Hoje regressei. Feliz, sorriso estampado na cara. A custo, recomeçar do zero. Todos tínhamos amadurecido, eles na fé, eu na atitude. Olhar para os ideais, para as ideias, para as acções que implicam. Não para os outros como se fossemos arautos da infalibilidade. Seremos tudo, menos isso.
Para a semana lá estarei, de viva voz e guitarra nas mãos. Esperemos que alguém traga um afinados, que há mais de cinco anos que só afino guitarras de ouvido...

(mas isto aplica-se a tanta coisa, e não apenas à igreja, que sim, era do que estava a falar ... é só ir à blogosfera)

publicado por Vita C às 23:02

Setembro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10

13
14
15
18

21
24
25

27
28
29


mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

30 seguidores

pesquisar neste blog
 
subscrever feeds
blogs SAPO