espaço de mau feitio, alguma reflexão, música e outras panóplias coloridas

02
Abr 11

Não vamos.
Não vamos porque pertencemos, como tanta gente, à população à rasca.

Porque se me falham com o ordenado, não me parece que os compromissos que assumo com a senhoria da casa onde vivo com a minha mãe reformada, com a dona do consultório que alugo, com o PPR e a comida que é preciso pôr na mesa se compadeçam com tal falha. E também porque ainda anteontem desembolsei 90 euros por dois passes para poder ir trabalhar.
Não vamos porque está cada vez mais difícil esticar ao limite um salário de três algarismos para sustentar uma casa quanto mais para fazer planos para mais do que simplesmente fazer essa ginástica extraordinária. Vejo nos telejornais gente a dizer que não sabe mais onde cortar (nem eu, senhores, nem eu) e gente a dizer que ainda bem que vem o sol porque há muitas comprinhas de primavera a fazer. Quase que me desponta a inveja pelos cabelos, fosse eu invejosa e vivesse eu através do que tenho e não do que sou.
Não vamos e eu tenho muita pena, porque era importante para ele. Cinema já só há quando ganhamos passatempos, teatro é quase quando o rei faz anos, concertos então só mesmo os que achamos imperdíveis. Como era este. Agora já nem os imperdíveis.
E é também isto que me revolta profundamente. Cada vez mais nos tornamos uns autómatos do estado (mas o estado não somos todos nós, elucidem-me), entre trabalho, casa, contas, cansaço e mais cansaço. Cada vez menos temos direito aos momentos de lazer, de cultura, de descanso. Porque esses têm de ser habilmente construídos, descobertos entre as opções gratuitas (algumas bem boas, reconheça-se) ou pura e simplemente usufruídos a partir da companhia um do outro. Que é o que importa. Mas também este desinvestimento no lazer ilustra o quanto somos uma geração à rasca que se desenrasca apenas porque felizmente ainda sabe o que é importante.

publicado por Vita C às 19:11
Etiquetas:

Abril 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
12
13
15
16

18
19
21
22
23

26
27
28
29


mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

30 seguidores

pesquisar neste blog
 
subscrever feeds
blogs SAPO