espaço de mau feitio, alguma reflexão, música e outras panóplias coloridas

13
Mar 13

 

Para um não católico, deve ser difícil entender a importância deste momento e a amplitude da emoção.

Neste momento, o meu coração rejubila de alegria, exulta e permanece firme na fé e, na verdade,  estou profundamente confiante. Francisco, ei-lo, cheio de fraternidade e simplicidade, o chefe da Igreja. Francisco, o papa que devolverá à Igreja em que o vi, entre o trémulo, o ansioso, o descontraído. Em nada se compara com a eleição de Bento XVI, este cativou-me o coração sem que tivesse que pensar.

Depois de João Paulo II, a espera terminou. Habemus papam.

publicado por Vita C às 20:26

Março 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
12
14
15

17
18
19
20
22
23

25
26
28
29
30

31


mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

32 seguidores

pesquisar neste blog
 
subscrever feeds
Visitantes
Por aqui
online
blogs SAPO