espaço de mau feitio, alguma reflexão, música e outras panóplias coloridas

18
Nov 15

Ver imagem original

 

Deixei de comer carne há mais tempo do que me recordo, vai para lá de vinte anos.  

Claro que foi um desafio, sobretudo porque nunca levaram muito a sério e acharam que era uma "pancada" que passaria com a idade. Era adolescente e idealista e agora sou trintona e idealista. Agora já é uma coisa que me é inerente. Tenho imensa sorte por a metade (que é quem cozinha bem lá em casa) adaptar os seus pratos e os meus e conseguimos ter o prazer de comer a mesma coisa, só que ligeiramente adaptada.

Sou vegetariana mas, muito raramente, como peixe e consumo ovos. Confesso que cada vez menos, porque me causa verdadeiramente uma revolta interior saber que o lucro para estes produtos advém da forma grotesca com que se criam os animais (visitem os pesquisem sobre aviários e cenas do género ... ou talvez nao).

Só recentemente deixei de beber leite e, na verdade, sou agora a maior apologista de leites de tudo e mais alguma coisa. Leite de coco, leite de amendoa, arroz. Tudo menos soja. De facto, sao mais caros, é verdade. Mas sou a única que os consome lá em casa e um pacote dá para uma semana. Sáo oito euros mensais. 

Oito euros para as vaquinhas. Vale bem a pena.

publicado por Vita C às 13:28
Etiquetas:

Novembro 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
12
13
14

15
17
19
20
21

22
24
25
27

29
30


mais sobre mim

ver perfil

seguir perfil

30 seguidores

pesquisar neste blog
 
subscrever feeds
Visitantes
Por aqui
online
blogs SAPO